Não perca nenhuma novidade, cadastre-se em nosso blog !
Assinar agora
Não perca nenhuma novidade, cadastre-se em nosso blog !
Assinar agora

Ao trocar seus horários de sono seu corpo sofre as consequências, interferido na sua qualidade de vida.

Inversão dos horários de sono

O Instituto do Sono estima que atualmente cerca de 15 milhões de brasileiros trabalhem no período noturno.

Com a demanda cada vez maior de estabelecimentos comerciais com atendimento 24 horas e também de postos de trabalho noturnos em fábricas e empresas, cada vez mais pessoas fazem a troca do dia pela noite.

Entretanto, essa privação do sono noturno pode ocasionar problemas de saúde a longo prazo.

Além de causar distúrbios do sono e diminuição da qualidade de vida, muitos outras patologias podem derivar da troca do dia pela noite.

Continue a leitura e descubra como isso pode afetar sua vida.

Alterações no relógio biológico

Ao trocar o dia pela noite seu corpo sofre as consequências.

A irregularidade e privação do sono, bem como a troca dos horários de sono podem levar a pessoa a desenvolver doenças cardiovasculares, distúrbios visuais, alterações hormonais, entre outros.

A noite foi feita para dormir, conforme o dito popular e tal afirmação é tida como verdadeira pela ciência.

O corpo humano é programado biologicamente para dormir à noite. A ausência da luz solar, a baixa temperatura noturna  e a produção de melatonina (hormônio que controla o sono) já nos predispõe a descansar neste período.

O sono da noite é de maior qualidade que o sono diurno, visto que este sofre interferências externas maiores.

Patologias decorrentes da privação de sono

Quando uma pessoa troca o dia pela noite, seja por razão profissional ou mesmo por não conseguir dormir, as consequências são bastante preocupantes.

Em pouco tempo já pode-se notar dificuldades para se concentrar, lentidão de raciocínio, falhas na memória, dores de cabeça, irritabilidade, sonolência diurna e fadiga.

A longo prazo a probabilidade de desenvolver diabetes aumenta, bem como distúrbios hormonais e aumento de peso, além de sobrecarregar o sistema cardiovascular, ocasionando problemas cardíacos e hipertensão.

Eu trabalho à noite. Como posso melhorar minha qualidade de vida?

Se você trabalha no período da noite deve ter-se questionado exatamente isso.

Vamos dar dicas para que seu sono diurno tenha uma qualidade maior, diminuindo os impactos no  corpo ao trocar o dia pela noite.

  • Dormir no mínimo 6 horas por dia;
  • Manter um horário regrado para dormir e acordar, assim seu relógio biológico fica mais regulado, mesmo dormindo durante o dia;
  • Evite aparelhos eletrônicos como celular e tablet antes de dormir. Isso vale para a TV também;
  • Durma com o mínimo de luz possível, em um local silencioso e arejado;
  • Não consuma estimulantes no mínimo 4 horas antes de dormir (café, chá preto);
  • Faça refeições leves antes do horário de descanso.
  • Não interrompa seu descanso para não suprimir a qualidade do sono.

O ciclo circadiano e sua influência no organismo

Quando se faz a troca do dia pela noite a privação do sono noturno afeta o ciclo circadiano.

Ele acontece a cada 24 h. Muitas funções do corpo variam em ciclos durante esse período, isso é o ciclo circadiano

O ciclo sono-vigília os níveis hormonais e inúmeros processos biológicos seguem o ciclo circadiano.

Portanto, qualquer alteração neste ciclo afeta diretamente o sono-vigília, diminuindo a qualidade do sono e consequentemente a qualidade de vida.

Esperamos ter ajudado você, seja trabalhador noturno, ou mesmo uma pessoa que tem dificuldades para dormir à noite.

Confira outras dicas de como dormir tranquilamente e muito mais em nosso blog!

 

Por Emanuela Miola

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here